quarta-feira, 7 de julho de 2010

Ainda fui mais eu

quando o tempo parou.

4 comentários:

Rafael Perfeito disse...

o sonho de todo egocentrico
é o tempo parar nele.

Ciranda disse...

Ou dar um passo em frente e continuar apesar de parar o tempo? Jogos de palavras. Um abraço.

Sinhã disse...

eia. também tens joanetes, cirandinha?:-)

Ciranda disse...

São joanetes? Estão mais pronunciados e não sabia se seriam joanetes ou não... lol.